Estréia do filme dos Simpsons agita fãs do mundo todo

Simpsons Movie

LOS ANGELES – Já se passaram 18 anos desde que ouvimos o primeiro suspiro de Homer por uma rosca e o primeiro ‘ai, caramba!’ do endiabrado Bart Simpson. Agora, pela primeira vez, o público poderá ver a família mais problemática dos Estados Unidos na tela de cinema.

Mas será que a versão cinematográfica de “Os Simpsons”, que estréia nesta sexta-feira (27) nos Estados Unidos, vai ficar à altura das expectativas de seu ansioso público?

A questão é se o filme conseguirá cativar um público além de seu fiel grupo de fãs, que acompanha religiosamente todas as temporadas da família Simpson.

Al Jean, produtor executivo de “Os Simpsons – O filme”, garante que o longa-metragem não vai desapontar os fãs da série. “Esperamos 18 anos para fazer o filme porque não queríamos fazê-lo simplesmente porque podíamos; queríamos fazer quando fosse a hora certa”, afirmou Jean. “Nosso filme não é apenas uma seqüência de três episódios, ele tem coração”.

E o “coração” do filme é, como não poderia deixar de ser, mais uma trapalhada de Homer, que dessa vez tem que salvar o mundo de uma catástrofe ambiental que ele mesmo provocou com seu porco de estimação.

“Não devo baixar uma cópia ilegal desse filme”, escreve Bart no quadro-negro da escola primária de Springfield, na versão para o filme da clássica apresentação que abre cada episódio da série.

Com tamanho sucesso e enriquecendo tantas pessoas, parecia apenas uma questão de tempo até que Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie chegassem aos cinemas.

No entanto, o próprio criador Matt Groening admite que nunca se esforçou muito para produzir um filme com os personagens que o tornaram famoso. “Levamos 18 anos para fazer o filme porque somos preguiçosos”, disse Groening. “Já nos fizeram essa pergunta várias vezes e nunca conseguimos dar uma boa resposta.”

O criador da série disse que Homer é tão estúpido que até os roteiristas e produtores que fazem a série competem entre si para ver quem cria a trapalhada mais idiota do marido da complacente Marge.

Fonte: G1

%d blogueiros gostam disto: