Bart Simpson, artista de rua

por Folha de SP

Quando alguma manifestação cultural é parodiada no desenho The Simpsons de Matt Groening, pode-se dizer que já faz parte do mainstream.  Em um episódio exibido recentemente, Bart Simpson vira um artista de rua e cola posters e adesivos e  pinta com spray bombardeando Springfield com “DOPE”, para sacanear Homer.

O episódio  cita “Exit Through the Gift Shop” de Banksy, e Bart rapidamente é “descoberto” e vai parar em uma galeria de arte.

Enquanto Bart está agindo na madrugada é abordado por Shepard FaireyRon EnglishKenny Scharf, e Robbie Conal.  As vozes são dos próprios artistas, e algumas frases são tão contundentes que merecem ser traduzidas e citadas aqui:
Vandalismo urbano é a forma de arte mais  quente do momento. ” Shepard Fairey

Arte de rua não é sobre questionar autoridade.” Shepard Fairey (que ganhou sua notoriedade inicial colando “OBEY” (“Obedeça”).

Não estou mais no negócio de ajudar posers, agora somente vendo coisas para eles” Shepard Fairey

e a melhor frase do episódio é proferida pelo próprio Bart Simpson:

Se está em uma galeria, como pode ser arte de rua?

Assista aqui.

%d blogueiros gostam disto: