Marge responde ao comentário da consultora de campanha de Donald Trump sobre Kamala Harris

0
55

Doh! A política chegou ao ponto de um personagem de animação amado, mas fictício, ter que se defender de uma afronta do mundo real. Marge Simpson está respondendo à tentativa de insulto a envolvendo feita por Jenna Ellis, uma conselheira de campanha de Donald Trump, que disse que a pré-candidata ao cargo de vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, tem uma voz parecida com a da personagem de “Os Simpsons”.

“Eu geralmente não entro na política, mas a conselheira sênior do presidente, Jenna Ellis, apenas disse que Kamala Harris soa como eu. Lisa disse que ela não quis dizer isso como um elogio”, conta a personagem, que acrescentou que como uma “dona de casa suburbana comum”, estava “começando a se sentir um pouco desrespeitada” – veja abaixo:

https://platform.twitter.com/embed/index.html?dnt=false&embedId=twitter-widget-0&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1294287342144872449&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fcategorianerd.com%2Fos-simpsons-marge-responde-a-comentario-da-consultora-de-campanha-de-donald-trump%2F&theme=light&widgetsVersion=223fc1c4%3A1596143124634&width=550px

“Eu ensino meus filhos a não xingar Jenna. Eu ia dizer que estou chateado, mas tenho medo que eles [façam um] bip disso”, completa ela.

Quando Marge fala de “dona de casa suburbana”, ela está se referindo ao comentário de Trump, que usou o termo mais de uma vez para descrever um grupo demográfico que ele acha que poderia votar nele.

A tentativa de ofensa de Ellis veio logo após o pré-candidato democrata à presidência dos EUA, Joe Biden, anunciar que Harris sua companheira de chapa para disputar o cargo de vice-presidente do país, informa a CNN.

Conforme informa o The Hill, depois disso, a senadora do estado da Califórnia enfrentou uma série de críticas sexistas, incluindo de Trump, que a insultou a chamando de “desagradável”, “zangada” e “meio maluca”, ataques que os críticos dizem que não farão nada para melhorar seu baixo número de votos entre as eleitoras.

“Os Simpsons” não é estranho a política ou a Trump; A série “previu” que ele chegaria a presidência, quando em 2000, no episódio “Bart no Futuro”, da 11ª temporada, é mencionado casualmente o “ex-presidente Donald Trump”, quando Lisa Simpson se torna presidente dos EUA num episódio futurístico.

“Como você sabe, herdamos uma grande crise orçamentária do ex-presidente Trump”, diz Lisa a sua equipe, que a informa que o país está falido devido ao seu antecessor.

Esta está longe de ser a única “previsão” de “Os Simpsons” que se tornou realidade – embora neste caso em específico Trump estava publicamente interessado em concorrer ao cargo pelo Partido Reformista.

“Foi um aviso para a América isso parecia ser a última parada lógica antes de chegar ao fundo do poço”, disse o roteirista Dan Greaney ao THR. “Foi lançado porque isso era consistente com a visão de uma América enlouquecida”.

“O importante é que Lisa chegue à presidência quando os Estados Unidos estão nas cordas, e essa é a condição deixada pela presidência de Trump”, ele acrescentou.

Fonte: Categoria Nerd