Perguntas e Respostas

Historia básica de Os Simpsons
Os Simpsons é uma série animada de TV produzida pela Gracie Films para a Twentieth Century Fox e a Fox Network. Começou como uma série de vinhetas para o “Tracey Ullman Show” em 19 de abril de 1987, e estreou como série em 17 de dezembro de 1989, no horário nobre, às 8 da noite. A série foi exibida regularmente aos domingos a partir de 14 de janeiro de 1990. As temporadas Dois, Três, Quatro e Cinco foram exibidas pela Fox às quintas-feiras, também no horário de 8 da noite, antes de retornar aos domingos, a partir da Temporada Seis. Por um curto período de tempo, Classic Simpsons foi exibido, às 7 da noite, numa extinta programação de comédia programada para o inverno de 1995.

As Temporadas Um, Dois e Três foram animadas pela Klasky-Csupo (pronuncia-se “CLASQUI CHUPO”), que também animou as vinhetas de Tracey Ullman. As temporadas seguintes foram animadas pela Film Roman, em parceria com os estúdios de animação Akom Production Company, Anivision, e Rough Draft Studios na Coréia.

A família Simpson foi criada em cerca de 15 minutos por Matt Groening enquanto este esperava na recepção do escritório de James L. Brooks, uma história confirmada pelo próprio Groening em uma entrevista à Oprah Winfrey.

A produção de Os Simpsons como uma série começou em abril de 1989.

A História de Os Simpsons no “Tracey Ullman Show”
Foi por uma sugestão de Pauly Platt, fã de “Life in Hell” nos bastidores do “Tracey Ullman Show”, que Matt Groening começou a trabalhar com Ullman.
De acordo com o Produtor/Diretor David Silverman, a produção das vinhetas de Ullman levava aproximadamente quatro semanas para ficarem prontas.
Atualmente, a produção leva aproximadamente seis meses para um episódio de Os Simpsons.

Os quatro animadores de todas as vinhetas de Ullman (David, Wesley Archer, Bill Kopp, Tim Berglind) se juntaram trabalhando em um filme de 1986, One Crazy Summer e seus segmentos animados, antes de terem a oportunidade de animar as vinhetas de Ullman com a então relativamente nova companhia de animação Klasky-Csupo.



Cronologia da série

Ano Evento
1955 Nasce Homer (10/05/1955)
1956 Nasce Marge (1 ano após Homer.)
1974-1975 Homer e Marge vão para a Faculdade
1980 Homer e Marge se casam; Homer arranja o emprego na Usina; nasce Bart
1983 Os Simpsons se mudam para o Evergreen Terrace; nasce Lisa
1989 Nasce Maggie; Homer e Marge fazem dez anos de casamento; Bola de Neve II se torna o gato da família após a morte de Bola de Neve I; O Ajudante de Papai Noel se torna o cão da família.

De acordo com o “Simpsons Fun Calendar” (1993), Maggie nasceu em 19 de agosto de 1985 e Bart em 17 de dezembro de 1979. Estes calendarios são produções de MG, e por isso não podem seguir as contínuas alterações que os escritores fazem na série. De qualquer maneira, do ponto de vista de MG, estas datas são aproximadamente corretas, considerando as primeiras exibições das vinhetas de Tracey Ullman e ao fato de que MG estabeleceu que os personagens não envelhecem.

Qual é o preço de Maggie nos créditos iniciais?
Maggie aparece custando 847,63 dólares, a quantia atribuída, alguma vez, como a quantidade mensal de dinheiro necessária para criar um bebê nos Estados Unidos.

Onde fica Springfield?
“Springfield” é um lugar fictício. MG já disse que escolheu esse nome porque é um dos nomes mais comuns de cidades americanas (existem 121 Springfields nos Estados Unidos). Mas também se deve ao fato de Groening, quando criança, achar que Springfield era a cidade mais próxima da sua casa em Portland, Oregon.

De acordo com o ex-produtor e diretor David Silverman, Springfield está no estado de North Takoma, à oito milhas de Toon Town (embora esta não deva ser considerada como uma resposta “oficial”). No episódio “Duffless”, a abreviatura do Estado na carteira de motorista de Homer é NT, provavelmente representando North Takoma. Veja a pergunta a seguir. O que se leva a crer, entretanto, é que até mesmo quando a série faz menção a lugares e eventos únicos à uma Springfield em especial, isso não significa que a série se passa no Estado em referência.

De acordo com algumas fontes, Matt Groening já disse que embora Springfield seja basicamente “qualquer cidade dos Estados Unidos” a cidade tem algumas características de Oregon, onde Matt cresceu.

Leia Where Is Springfield (Onde Fica Springfield) se ainda não está convencido.

Qual é o endereço dos Simpsons?
Depende.

Em Blood Feud 94 Evergreen Terrace, Springfield, USA
Em Mr Lisa Goes to Washington 59 Evergreen Terrace, Springfield, TA
Em Bart the Lover 94 Evergreen Terrace, Springfield, USA
Em Kamp Krusty 430 Spalding Way, Springfield, USA
Em New Kid on the Block 1094 Evergreen Terrace
Em Marge In Chains 742 Evergreen Terrace, Springfield
Em Homer the Vigilante 723 Evergreen Terrace
Em Bart vs. Australia 742 Evergreen Terrace
Na Entrevista à Oprah Winfrey 742 Evergreen Terrace

O endereço mais provável é 742 Evergreen Terrace, o único atualmente em uso.

Foi sugerido que o endereço usado em “Kamp Krusty” foi uma referência ao monologuista e ator Spalding Gray, cujo humor é considerado sutil, pulsante e sim, geralmente irritante para os republicanos. O endereço em Evergreen Terrace (Terraço Sempre-Verde) é uma homenagem à rua em que MG viveu quando criança. As outras foram inspiradas, sem dúvida, pela sua mãe.

Qual é o telefone dos Simpsons?
O número do telefone de Homer, de acordo com o arquivo do diretor Skinner na Escola Primária de Springfield são:

Antes de “Simpson and Delilah” Depois
Casa: Trabalho:
555-6528 555-6832
555-7334 555-6754

Na temporada 3, o número de casa é 555-8707.
E os telefones do comercial de TV de Homer em “Mr. Plow” são:

Casa: 555-3223
Trabalho: 555-3226

Em “The Canine Mutiny”, Bart assina uma proposta de cartão de crédito com o telefone 555-3126.

De onde Matt Groening tirou os nomes da família Simpson?
Homer e Margaret (“Marge”) são os nomes de seus pais (a senhora Simpson é Marjorie); os nomes dos filhos de Matt Groening são Homer e Abe. Seus irmãos são, por ordem de nascimento, Mark (não usado), Patty, (de onde surgiu Matt), Lisa e Maggie (chama-se Margaret como sua mãe, mas seu apelido é Maggie).

O nome Bart, por outro lado, é simplesmente um anagrama de “brat” (ver tradução), embora várias vezes MG tenha dito que foi influenciado pelo seu próprio nome e pelo de seu irmão Mark.

O sobrenome Simpson é uma escolha natural para a família, pois o nome Simpson se traduz literalmente como “filho de um Simpleton”.

Já se debateu também no grupo sobre o filme “Day of the Locust”. Parece que um personagem deste filme tinha características muito similares a Homer Simpson, e seu nome era Homer Simpson. Não se sabe com certeza se o filme teve alguma influência na escolha deste nome por parte de MG, ou se é pura coincidência, ou se MG simplesmente se valeu desta coincidência.

E mais, o sobrenome de solteira da mãe de MG é Wiggum (o mesmo do chefe de polícia), e muitos personagens secundários tiveram seus nomes retirados de ruas de Portland, Oregon.

É impressão minha ou muitos personagens são canhotos?
Não, muitos personagens são efetivamente canhotos. Isto porque o próprio MG é canhoto. Os espectadores atentos poderão notar que isto nem sempre é consistente, especialmente nos episódios mais novos.

Me parece que a voz de Homer soa diferente nos episódios mais antigos. Os dubladores mudaram ou é imaginação minha? (esta pergunta se aplica somente à versão em inglês).
Quando Dan Castellaneta originalmente começou a dar voz a Homer, basicamente imitava Walter Matthau para obter a voz. Só que Dan teve problemas com certos registros emocionais e entonações de voz, sendo que, a partir da temporada 2, a modificou sutilmente para criar a voz atual.

De acordo com David Silverman, o episódio 7F22 marca o início da mudança gradual de voz de Homer, até atingir o resultado atual (note que a “carta” que Troy McClure lê em 3F31 sobre a estupidez de Homer é respondida com clips de cada temporada de Homer fazendo coisas estúpidas, começando com o episódio da temporada 2 “Blood Feud”). A vinheta de Tracey Ullman “The Pagans” é dado como o ponto em que o personagem de Bart começou a ser o garoto travesso que todos conhecem.

Só que tem alguns personagens que soam diferente na primeira temporada. São os mesmos atores?
Christopher Collins dublou Moe Szylak em “Some Enchanted Evening” e o senhor Burns em “Homer’s Odyssey”. Abandonou Os Simpsons para seguir uma carreira de comediante. Collins morreu em 12 de junho de 1994, após uma doença que durou dois anos (agradecimento a seu filho, Ben, por suas informações e correções destes dados e outras coisas).

O que significa o “J.” em Homer J. Simpson e em Bart J. Simpson?
MG disse que os segundos nomes de Homer e Abraham são uma homenagem a Rocky e Bullwinkle (Rocket J. Squirrel e Bullwinkle J. Moose), cujas iniciais eram as mesmas de seu criador, Jay Ward. De qualquer forma, no episódio da temporada 10 “D’oh-in’ in the Wind” o segundo nome de Homer foi revelado como Jay.

De acordo com MG, o segundo nome de Bart é Jo-Jo, e não Jebediah como dito anteriormente no Rainy Day Fun Book. Podemos então supor que alguns fatos perderam sua validade desde a publicação de RDFB. Esse nome foi dado por ninguém menos que Nancy Cartwright.

Qual é Comichão e qual é Coçadinha?
Quando Lisa e Bart explicaram a Herbert Powell qual era o gato e qual era o rato, Lisa fala: “O nome do rato é Comichão e o nome do gato é Coçadinha.”

Qual é a Patty e qual é a Selma?
Homer as chama de “Dupla Horripilante”. Patty costuma usar um colar com pedras redondas e não parte o cabelo. Selma usa um colar com pedras ovais e parte o cabelo. Selma usa brincos com a forma da letra S, Patty usa brincos com forma de triângulo. Marge as diferencia para Homer em 7F15:

Homer: “De novo, qual é a Selma?”
Marge: “A Selma gosta dos filmes de Loucademia de Polícia e de caminhar pelo parque em dias claros de outono”
Homer: “Ah, sim, sim, sim. Mas eu pensei que era ela que não gosta de ser… você sabe… tocada.”
Marge: “Foi Patty quem escolheu uma vida de celibato. Selma simplesmente se encontrou com o celibato.”

Quais são os nomes dos garotos que perseguem Bart, e quem é quem?
Seus nomes são Jimbo Jones, Dolph e Kearney.

Jimbo é o alto com gorro roxo e camiseta preta.
Dolph é baixo e seu cabelo cobre os olhos.
Kearney é o que tem a cabeça raspada.

Porque os Especiais de Dia das Bruxas não seguem a continuidade estabelecida?
A série “Treehouse of Horror” é, de acordo com MG, não canônica, e como tal, os escritores podem fazer o que quiserem, como colocar a casa do Sr. Burns na Pensilvânia, fazer a família ter línguas compridas ou dar a Bart um irmão gêmeo chamado Hugo.

De onde veio o dinheiro para animar a sequência “Homer^3” no “Especial de Dia das Bruxas VI”?
O escritor David S. Cohen levou a David Silverman a idéia de uma sequência animada por computador. A equipe de Os Simpsons procurou a compania californiana de animação por computador Pacific Data Images, que fez a sequência gratuitamente, em troca da permissão de usá-la como material promocional da empresa, dando a “Treehouse of Horror VI” um segmento animado, de graça.

Smithers e Karl são homossexuais?
Sim. De acordo com o produtor David Silverman, Waylon Smithers e Karl (o secretário de Homer em 7F02, e não o amigo de Lenny) são gays. Fim de papo.

Smithers não era negro em um episódio?
Mais ou menos. Quando “Homer’s Odyssey” estava sendo produzido, Smithers foi acidentalmente animado com a cor errada. Este erro foi inteiramente culpa da Klasky-Csupo, e o produtor David Silverman nos assegura que a intenção foi sempre que Smithers fosse branco (ou amarelo, como queiram).

David sugere que imaginemos que Smithers apenas tinha acabado de voltar de umas férias no Caribe com um belo bronzeado, quando o episódio foi ao ar.

Quem é o cara disfarçado de abelha?
O programa cuja estrela é um homem disfarçado de abelha é similar ao show “Lo mejor de Chespirito”, da emissora Univision. O ator que interpreta Chespirito é mais conhecido como Chaves ou Chapolin, no Brasil. Também já disseram que há semelhanças com “El Show de Luis De Alba”.

Por um longo tempo o personagem só era conhecido como “Bumblebee Man” (Homem Abelha), mas em “Team Homer” descobrimos que seu nome verdadeiro é Pedro.

E o cara que vende revistas em quadrinhos, como se chama?
De acordo com a equipe de produção, o proprietária da gibiteria é conhecido simplesmente como “Comic Book Guy” (o cara dos quadrinhos). Se supõe que a sua voz soe como Ralph Bakshi.

Qual é aquela coisa que Homer diz? Doh? Dough? D’ohh?
A forma correta de escrever é “D’oh!”. Esta expressão é a marca registrada de Homer, que ele exclama em geral para indicar raiva, é sempre referida nos scripts como “Annoyed Grunt” (grito indignado). Assim, o título oficial do episódio “SimpsoncalifragilisticexpialaD’ohcious” é “Simpsoncalifragilisticexpiala(Annoyed Grunt)cious.”

Na versão em português, Homer simplesmente diz “Ouuu!”.

Qual é a idade exata de Homer? 35? 36? 38?
Contrário a afirmações estranhas ao longo dos anos, Homer tem 36 anos, como se confirmou em 9F02. E, como os personagens não envelhecem na série, a LISA estabeleceu sua idade como sendo 36, e não 38 (“The Homer They Fall”) nem 39 (“The Wizard of Evergreen Terrace”).

Qual a idade do Sr. Burns?
104 (Who Shot Mr. Burns?) e/ou 81 (Simpson and Delilah).

O amigo de Bart se chama Milhous ou Milhouse?
Embora seja verdade que seu nome veio do ex-presidente dos Estados Unidos Richard Milhous Nixon, a grafia correta de seu nome completo é Milhouse Van Houten.

Como se chamam os pais de Milhouse?
Kirk Van Houten e Luann Van Houten. Se divorciaram no episódio “A Milhouse Divided” da oitava temporada.

Como surgiu a cena dos ancinhos em “Cape Feare” (9F22)?
De acordo com os escritores, a verdade é que o episódio estava muito curto, assim a repetitiva cena dos ancinhos foi esticada para preencher o resto do tempo.

As perguntas que aparecem em 3F31 dizem que a caixa registradora que aparece na abertura mostra NRA4EVER, e que Bleeding Guns Murphy e o Dr. Marvin Monroe morreram durante a temporada Seis. Quando o Dr. Monroe morreu? E esta FAQ acaba de dizer que a registradora mostra 847,63. Quem está certo?
As perguntas em 3F31 são piadas para divertir o espectador, assim como as imagens de Matt Groening, James L. Brooks e Sam Simon nesse episódio, que não são suas aparências verdadeiras. No caso da caixa registradora, o que aconteceu foi uma referência às pessoas que rotularam a série como “a mais liberal da televisão”, mostrando a série como ultra conservadora.

“Bleeding Gums” Murphy (Murphy Gengivas Sangrentas) morreu no episódio 2F32, “‘Round Springfield”. Marvin Monroe, um personagem pouco querido pelos escritores, morreu em silêncio durante alguma das temporadas, sua morte só foi confirmada pela aparição do Marvin Monroe Memorial Hospital (Hospital Memorial de Marvin Monroe) em 2F20.

Com a morte de Phil Hartman, Troy McClure e Lionel Hutz terão novas vozes ?
Tudo indica que Matt Groening irá retirar os personagens da série em respeito à Phil, e nenhum outro dublador será contratado para substituir as vozes anteriormente feitas pelo Sr. Hartman.

Quem é o artista que toca o sax de Lisa ?
Terry Harrington.

Criação, Produção e Exibição

Quem é Matt Groening?
Matt Groening, nascido em 15 de fevereiro de 1954, é o criador dos Simpsons, Life in Hell (Vida no Inferno) e Futurama. Teve vontade de ser escritor profissional após deixar o Evergreen State College, WA (se formou em 1977 aos 23 anos de idade), sua fracassada carreira chegou ao fim com um sucesso inesperado da sua tira de jornal Life in Hell. Life in Hell atraiu a atenção de James L. Brooks da Gracie Films, que em 1985 convidou MG a desenvolver uma idéia para projetos que mais tarde se tornariam as vinhetas dos Simpsons no Tracey Ullman Show.

O que ele faz exatamente em Os Simpsons?
Matt Groening é oficialmente o Consultor Criativo do programa, e tem poder de decisão em quase todas as fases do processo de produção, como qualquer consultor criativo. De qualquer forma, sabe-se que as pessoas talentosas que trabalham na Gracie Films, Film Roman etc. são responsáveis pela maioria das coisas que vemos. Além disso, é também um produtor executivo (O Internet Movie DataBase tem uma descrição completa das tarefas de um produtor executivo).

é uma exigência de copyright que seu nome apareça em todo e qualquer merchandising dos Simpsons, por contrato com a 20th Century Fox Film Corporation, que comprou de MG os direitos e propriedades dos Simpsons.

O tipo de letra (“Matt”) usada no programa e em revistas foi especialmente desenhado com PostScript pela Apple Computer, e é baseado na própria letra de Groening. Infelizmente, ela é propriedade privada.

Porém, uma fonte para computador baseada na letra de MG em Life in Hell chamada AKBAR está disponível.

Por que o nome de Matt Groening não aparece nos créditos de 2F31?
MG pediu que seu nome fosse removido dos créditos de “A Star is Burns” porque considerou o episódio um longo comercial da série The Critic, e fazia crer que ambos os programas estavam relacionados de alguna maneira, o que não é o caso.

O que siginificam esses números hexadecimais de que falam tanto ?
Esses números (7G06, 7F19, 9F08, 2F05, AABF01 etc.) representam o código de produção colocado pela equipe de produção. Cada episódio tem o seu próprio código, que se refere à temporada para o qual foi produzido, que não é necessariamente a mesma em que foi exibido. Um ou dois episódios geralmente são reservados para exibição na abertura da temporada seguinte. Dessa forma, 7F24 abriu a Temporada Três. Como regra geral:

Os códigos 7G representam episódios da Temporada Um
Os códigos 7F representam episódios da Temporada Dois
Os códigos 8F representam episódios da Temporada Três
Os códigos 9F representam episódios da Temporada Quatro
Os códigos 1F representam episódios da Temporada Cinco
Os códigos 2F representam episódios da Temporada Seis
Os códigos 3F representam episódios da Temporada Sete
Os códigos 3G representam episódios especiais exibidos durante a Temporada Sete
Os códigos 4F representam episódios da Temporada Oito
Os códigos 5F representam episódios da Temporada Nove
Os códigos AABF representam episódios da Temporada Dez
Os códigos BABF representam episódios da Temporada Onze

Os códigos de produção não são números hexadecimais. James L. Brooks disse que tirou a idéia dos códigos da Temporada Um do Setor 7G da Usina Nuclear, onde Homer trabalha.
Consulte a Lista Rápida de Episódios para obter uma listagem completa dos episódios e seus respectivos códigos de produção.

Onde vocês conseguem os códigos de produção?
Assista os créditos finais de cada episódio. A página de créditos com informações de copyright (geralmente a quinta até o final) contém a linha “THE SIMPSONS EPISODE #____” que é o código desse episódio, com exceção de 7G08, em que o código aparece imediatamente depois das informações de copyright. Os códigos dos vídeos musicais estão em legendas de título especiais que não são exibidas, servindo apenas para identificação pelo pessoal dos canais de TV.

Onde vocês conseguem os títulos dos episódios?
Alguns jornais publicam os títulos dos episódios. O livro Simpson Mania lista os títulos da Temporada Um; Brian Howard obteve informação “interna” dos títulos das Temporadas Dois e Três. Os títulos das Temporadas Quatro, Cinco, Seis, Sete e Oito foram dados por David Mirsky e mais tarde por Bill Oakley. Os episódios 7G07 e 7F10 foram exibidos com seus títulos. Os títulos das vinhetas aparecem nos créditos do Tracey Ullman Show. Os títulos dos vídeos musicais são os nomes de suas canções.

Atualmente, os títulos são obtidos por fontes internas relacionadas com a série e com a Internet.

Como é criado um episódio de Os Simpsons?
A produção de uma temporada começa em dezembro, quando os escritores fazem uma ou duas “reuniões de escritores” para propor e desenvolver aproximadamente 16 idéias de histórias, que resultam em cerca de 12 roteiros. Os episódios da Temporada Um eram animados com cerca de 12.000 desenhos. Esse número aumentou gradualmente até cerca de 24.000 desenhos, mas não pela troca da Klasky-Csupo pela Film Roman.

Qual foi o primeiro episódio?
Os Simpsons é uma dessas séries que não tem um primeiro episódio específico. O primeiro episódio produzido foi 7G01, “Some Enchanted Evening” (exibido ao final da primeira temporada porque uma cena estava sendo animada novamente). O primeiro episódio exibido foi 7G08 “Simpsons Roasting on an Open Fire”, o primeiro Especial de Natal. O episódio piloto da Fox foi o 7G02, “Bart the Genius”.

Por que os códigos de produção da Temporada Seis pulam de 2F22 para 2F31? E quanto a 3F31 na Temporada Sete?
A equipe de produção atual tem recursos suficientes para produzir algo em torno de 23 episódios por temporada. Porém, na Temporada Seis, fez-se um acordo com a equipe de criação de The Critic para produzir dois episódios adicionais. A esses dois episódios foram dados os códigos 2F31 e 2F32.

Atualmente, a Fox encomenda a produção de 25 episódios por temporada. De 1994 a 1996, o acordo era de 24 episódios novos e um clip show.

Para a Tempoorada Seis, um ex-escritor foi chamado no último minuto para montar 2F33, chegando até a usar um pseudônimo, “Penny Wise” (supondo que a Fox é “Pound Foolish”). O mesmo aconteceu com o clip show da Temporada Sete, código 3F31, e neste caso, “Pound Foolish” foi nomeado como diretor.

Na Temporada Nove foi exibido o quarto clip show de Os Simpsons, “All Singing, All Dancing” (5F24).

David Silverman confirmou o uso do nome ‘Pound Foolish’ como diretor em 3F31. Também dirigiu 2F33, “Another Simpsons Clip Show”.

Que história é essa de Os Simpsons ser cancelado ?
Tudo indica que a 20th Century Fox quer levar Os Simpsons pelo menos até a Temporada Doze, e o Produtor Executivo atual, Mike Scully já assinou contrato até lá, o que não confirma que haverá uma Temporada Doze. Até o momento, somente a Temporada Onze está confirmada pela Fox.

Os Simpsons tem audiência bastante grande, e caso a série termine, não será por simples cancelamento da Fox. Fiquem ligados.

Como pronuncio…

“Groening”?
Em uma das tiras de Life in Hell e em um artigo da “Rolling Stone”, MG mencionou que seu nome rima com “complaining” (pronuncia-se “compleinin”). Um artigo da “Newsweek” rima seu sobrenome con “raining” (pronuncia-se “reinin“).

“Yeardley”?
“Yeardley” é uma variação do nome inglês “Yardley”, cuja pronúncia não é problemática.

Algum episódio foi lançado em vídeo?
Um conjunto de 12 fitas SECAM VHS com 24 episódios das Temporadas Um e Dois estão disponíveis na França, lançadas pela Fox France.

Um conjunto de 4 fitas PAL VHS com 8 episódios da Temporada Um está disponível na Finlândia.

Um conjunto de 3 fitas PAL VHS com 6 episódios da Temporada Um foi lançado na Itália em 1991.

Vários vídeos foram lançados na Inglaterra e exportados para o restante da Europa. Os últimos lançamentos em vídeo foram os seguintes:

4182S The Dark Secrets of The Simpsons (Os Grandes Segredos dos Simpsons) – (28/04/1997):
The Springfield Files (3G01) / Homer the Great (2F09)
Lisa the Iconoclast (3F13) / Homer: Bad Man (2F06)

6019S Springfield Murder Mystery (Assassinatos Misteriosos de Springfield) – (29/09/1997):
Who Shot Mr. Burns? Parts 1+2 (2F16 / 2F20)
Black Widower (8F20) / Cape Feare (9F22)

7797S Crime & Punishment (Crime e Castigo) – (03/11/1997):
Marge in Chains (9F20) / Homer the Vigilante (1F09)
You only move twice (3F23) / Bart the Fink (3F12)

0411S Sex, Lies and the Simpsons (Sexo, Mentiras e Simpsons) – (14/04/1997)
The Last Temptation of Homer (1F07)
Bart After Dark (4F06) / New Kid on the Block (9F06)
Lisa’s Rival (1F17)

0387S The Simpsons Against the World (Os Simpsons contra o Mundo) – (26/05/1998)
Homer vs. Patty & Selma (2F14) / Marge vs. the Monorail (9F10)
Homer vs. Lisa and the 8th Commandment (7F13)
Bart vs. Australia (2F13)

The Simpsons: Heaven and Hell (Os Simpsons: Céu e Inferno) – (24/08/1998)
Treehouse of Horror (7F04) / Bart’s Comet (2F11)
Dog of Death (8F17) / In Marge We Trust (4F18)

Scary Simpsons (Simpsons Macabros) – (05/10/1998)
Treehouse of Horror II (8F02) / Treehouse of Horror III (9F04)
Treehouse of Horror IV (1F04) / Treehouse of Horror V (2F04)

0290S The Last Temptation of Homer (A última Tentação de Homer) – (09/11/1998)
Simpson and Delilah (7F02) / One Fish, Two Fish, Blow Fish, Blue Fish (7F11) /
Homer Alone (8F14) / Colonel Homer (8F19)

1410S Too Hot for TV (Quente Demais para a TV) – (08/03/1999)
Treehouse of Horror IX (AABF01) / The Cartridge Family (5F01)
Natural Born Kissers (5F18) / Grampa vs. Sexual Inadequacy (2F07)

Cada vídeo custa 12.99 Libras.

Nos Estados Unidos, o Especial de Natal (7G08) está disponível pela Fox Video em uma única fita NTSC VHS, código 1915. Três conjuntos de três fitas VHS contendo dois episódios cada fita foram lançados nos EUA. O primeiro pacote de três fitas contém vários episódios da Temporada Um mais uma vinheta do Tracey Ullman Show por fita, e o segundo pacote contém episódios da Temporada Dois. O pacote mais recente contém episódios da Temporada Três. Mais informações sobre esses vídeos estão disponíveis através do The Simpsons Archive.

O que é esta tal de “syndication” ?
A Fox disponibiliza para outros canais de TV seus episódios que já cumpriram o período de exibição padrão. Isto significa que qualquer canal aberto de TV pode comprá-los e exibí-los no horário que desejar e não há nenhuma afiliação com a Fox.

Syndication é o nome dado nos EUA aos canais abertos de TV.
Por que os episódios dos canais abertos de TV são cortados ?
Os episódios “sindicados” são editados para cumprir com a duração padrão de qualquer outro programa do canal aberto, permitindo que hajam mais comerciais. Isto significa que algumas cenas são cortadas ou removidas completamente. O primeiro material que se corta é a sequência de título (por isso, alguns episódios “sindicados” são mais curtos que os exibidos pela Fox) e as cenas que não são indispensáveis ao entendimento da história, muitas vezes isso significa que algumas das partes mais memoráveis não aparecem nas versões “sindicadas”.

De qualquer forma, há algumas exceções. Alguns episódios não são cortados, mas comprimidos para ganhar alguns segundos. Também, às vezes, os dois últimos segundos de um ato são cortados por um aviso.

Por que a vinheta de Tracey Ullman “Babysitting Maggie” foi cortada na Fox?
Houve um protesto em 1987 por causa de uma cena que foi ao ar, na qual Maggie enfia um garfo em um interruptor elétrico. Essa cena foi cortada em exibições posteriores pela Fox e sequer foi exibida em canais abertos.

A cena é baseada em um acidente real, de acordo com David Silverman. Quando criança, MG estava em uma festa quando as luzes piscaram e se apagaram. Instantes depois, um garoto apareceu com um garfo na mão. Apontou para ele e disse: “Hot” (quente).

Os Simpsons recebeu algum prêmio Emmy?
Os Simpsons recebeu 31 indicações para o Emmy, das quais ganhou 15. A série ganhou o prêmio na categoria de Melhor Animação em 1990 (por “Life on the Fast Lane”), 1991 (por “Homer vs. Lisa and the Eighth Commandment”), 1995 (por “Lisa’s Wedding”), 1997 (por “Homer’s Phobia”) e 1998 (por “Trash of the Titans.”)

A série ganhou seu sexto prêmio Annie consecutivo em 1997 pelo episódio “Homer’s Phobia”. A série ainda ganhou um prêmio Peabody em março de 1997.

Acesse a página dos prêmios Emmy e indicações para ver uma lista completa de todas as indicações dos Simpsons aos prêmios Emmy.

O que há de verdadeiro sobre um filme dos Simpsons?
Há fortes rumores circulando sobre um filme dos Simpsons e uma página foi desenvolvida pela snpp.com arquivando toda e qualquer discussão oficial sobre a possibilidade de haver um filme dos Simpsons. Acesse http://www.snpp.com/guides/movie.html para mais informações.

Quadrinhos, Música, Concursos e Grupos de Bate-Papo

Como posso contatar Matt Groening e os produtores e escritores do programa?
Você pode enviar elogios, perguntas, comentários, cartões de agradecimento e cartas de ódio (a Ian Maxtone-Graham) para:

The Simpsons
c/o Twentieth Television
Matt Groening’s Office
PO Box 900
Beverly Hills, CA 90213

Qual é o e-mail de Matt Groening e da equipe de produção ?
Se MG tem um e-mail particular, não o divulgou publicamente. Vários escritores e produtores tem e-mail, mas não estão disponíveis publicamente.

De qualquer forma, há um endereço de e-mail para perguntas e comentários sobre os programas da Fox em geral, [email protected].

Tenho um roteiro/idéia que quero mostrar aos produtores…
O melhor conselho é conseguir um agente. Devido a vários problemas legais, os produtores e escritores não lêem material de historias ou roteiros que não tenham sido solicitados, assim, não os procure em primeiro lugar. Isto não acontece porque os escritores são esnobes, mas por regras do sindicato, cuja violação pode fazer com que pessoas sejam demitidas, ou até mesmo processadas.

O que é a Bongo Comics Group/Simpsons Illustrated?
“Simpsons Illustrated” era uma revista americana para fãs que não está mais em circulação. As edições de SI incluíam entrevistas com os atores e o pessoal de produção, desenhos de fãs e muitas informações. Uma edição anual dos Simpsons e uma revista especial em 3-D também foram publicadas. Os números atrasados são quase impossíveis de serem encontrados.

Os editores da revista (pelo menos nos EUA) colaboraram com Matt Groening para formar a Bongo Comics Group. Os títulos incluíam mini-séries de três edições: “Radioactive Man”, “Krusty Comics” e “Itchy & Scratchy Comics”; uma edição especial de I & S e uma revista de Lisa. Todas já foram publicadas.

Atualmente se encontra em produção “Simpsons Comics”, bimestral. Houve rumores sobre uma mini-série com Ned Flanders para o outono de 1996, mas não se materializou.

A Bongo Comics não oferece assinaturas atualmente.

Qual é a letra do tema de abertura de Comichão e Coçadinha (Itchy & Scratchy)?
They fight! And bite! (Eles lutam! E mordem!)
They bite and bite and fight! (Eles mordem e mordem e lutam!)
Fight, fight, fight! (Lutam, lutam, lutam!)
Bite, bite, bite! (Mordem, mordem, mordem!)
The Itchy and Scratchy Show!” (O Show de Comichão e Coçadinha!)

Onde consigo música de Os Simpsons?
Existem três álbuns e dois compactos associados ao primeiro. Seus títulos são “The Simpsons Sing the Blues”, “Songs in the Key of Springfield” e “The Yellow Album.”. Os compactos do primeiro incluem:

The Simpsons Sing the Blues álbum CD, Cassete, Vinil.
Do the Bartman Compacto
Compacto em CD e em vinil.
Deep, deep trouble Compacto
Compacto em CD e em vinil.
Sibling Rivalry Compacto
Compacto em CD (e em vinil?).

As informações a seguir referem-se a CDs/Vinil compactos/promocionais do The Simpsons Sing the Blues divulgadas por Brian Petersen:

   Edição "Deep, Deep Trouble" (CD - PRO-CD-4208)  - Faixas:
         1.  Edit  (4:07)
         2.  Dance Mix Edit  (4:16)
         3.  LP Version  (4:27)
         4.  Full Dance Mix  (5:46)

    Edição "Deep, Deep Trouble" (CD - 21633) - Faixas:
         1.  Deep, Deep Trouble (Dance Mix Edit)
         2.  Deep, Deep Trouble (Full Dance Mix)
         3.  Deep, Deep Trouble (LP Version)
         4.  Sibling Rivalry (LP Version)

    Edição Americana "Deep, Deep Trouble" (CD - GEF88CD) - Faixas:
         1.  Deep Deep Trouble (Dance Mix Edit)  (4:11)
         2.  Deep Deep Trouble (LP Edit)  (4:07)
         3.  Deep Deep Trouble (Full Dance Mix)  (5:48)
         4.  Springfield Soul Stew  (2:35)

    Edição "Do The Bartman" (CD - PRO-CD-42??) - Faixas:
         1.  7" House Mix/Edit  (3:54)
         2.  LP Edit  (3:59)
         3.  Bad Bart House Mix  (4:49)
         4.  A Capella  (3:44)

    Edição "Do The Bartman" (2) (CD - PRO-CD-4170) - Faixas:
         1.  7" House Mix/Edit  (3:54)
         2.  LP Edit  (3:59)
         3.  Bad Bart House Mix  (4:49)
         4.  Swingin' In The House Mix  (8:35)
         5.  LP Version (5:11)
         6.  A Capella  (3:44)

    Edição Americana "Do The Bartman" (vinil 12" - GEF87)
	(CD - GEF87CD) - Faixas
         (Lado Um)
         1.  Bad Bart House Mix  (4:35)
         2.  A Capella  (3:31)
         (Lado Dois)
         1.  Swingin' In The House Mix  (8:10)

    Edição "God Bless The Child" (CD - PRO-CD-4218) - Faixas:
         1.  God Bless The Child (LP Edit)  (4:29)

“Songs in the Key of Springfield” ainda teve um CD promocional (“The Streets of Springfield”) cujo objetivo era ser distribuído apenas para as estações de rádio.

O tema de abertura da Temporada Um aparece no CD de Danny Elfman, “Music for a Darkened Theatre” (Música para um Teatro Escuro). A versão do tema utilizado nas temporadas seguintes está disponível em “Television’s Greatest Hits” volume 7, `Cable Ready’ (Catalog# – TVT 1900-2). Uma versão em guitarra está no album de Danny Gatton “88 Elmira Street.”

Há rumores que o CD single “Sibling Rivalry” foi criado, mas não existe confirmação dessa informação.

O segundo álbum musical tem duração de 54:24. Aqui estão as faixas do álbum:

   1. The Simpsons Main Title Theme (Extended Version) (1:36)
     2. We Do (The Stonecutters' Song) (1:16)
        Dancin' Homer (Medley) (1:42)
         3) Crosstown Bridge (:10)
         4) Capitol City (1:32)
        Homer and Apu (Medley) (1:54)
         5) Who Needs the Kwik-E-Mart? (1:15)
         6) Who Needs the Kwik-E-Mart? (Reprise) (:39)
        'Round Springfield (Medley) (2:56)
         7) Bleeding Gums Blues (1:01)
         8) A Four-Headed King (:23)
         9) There She Sits, Brokenhearted (:17)
         10) Jazzman (1:15)
    11. "Oh, Streetcar!" (The Musical) (4:02)
         a) White-Hot Grease Fires (Prologue) (:20)
         b) Long Before the Superdome (:23)
         c) New Orleans (:36)
         d) I Thought My Life Would Be a Mardi Gras (:44)
         e) I Am Just a Simple Paper Boy (:41)
         f) Stella (:17)
         g) She Flies (:34)
         h) The Kindness of Strangers (:27)
    12. Jingle Bells (:43)
        $pringfield (Medley) (:51)
         13) The Simpsons End Credits Theme
		    ("Big Band Vegas Version") (:46)
             and Gracie Films Logo (:05)
    14. "Itchy & Scratchy" Main Title Theme (:22)
    15. "Itchy & Scracthy" End Credits Theme (:15)
        The Day The Violence Died (Medley) (1:49)
         16) Not Jazz Chor, But Sad Chor
         17) The Amendment Song (1:32)
    18. Senor Burns (1:16)
    19. The Simpsons End Credits Theme ("Afro-Cuban" Version) (:47)
    20. Your Wife Don't Understand You (1:34)
        Kamp Krusty (Medley) (2:18)
         21) South of the Border (2:13) and Gracie Films Logo (:05)
    22. End Credits Suite #1:
         a) The Simpsons End Credits Theme
		 ("Australian" Version) (:52)
         b) The Simpsons End Credits Theme
		 ("Hill Street Blues" Version) (:45)
         c) The Simpsons End Credits Theme
		 ("It's A Mad, Mad, Mad, Mad World"
            Version) (:47)
        Treehouse of Horror V (Medley) (1:21)
         23) Controlling the Transmission (Prologue) (:41)
         24) The Simpsons Halloween Special Main Title Theme (:40)
    25. Honey Roasted Peanuts (:59)
        Boy Scoutz N The Hood (Medley) (3:41)
         26) Saved by the Bell (1:01)
         27) Jackpot (:19)
         28) Springfield, Springfield (Parts 1 & 2) (1:32)
         29) Remember This? (:15)
         30) Another Edwardian Morning (:34)
        Two Dozen and One Greyhounds (Medley) (1:57)
         31) The Pick of the Litter (:22)
         32) See My Vest (1:35)
    33. "Eye On Springfield" Theme (:45)
    34. Flaming Moe's (:59)
        Homer's Barbershop Quartet (Medley) (:1:36)
         35) One Last Call (:21)
         36) Baby on Board (1:15)
    37. TV Sucks! (:32)
        A Fish Called Selma (Medley) (3:06)
         38) Troy Chic (:18)
         39) Stop The Planet of the Apes (:10)
         40) Dr. Zaius (1:22)
         41) Chimpan A To Chimpan Z (1:15)
    42. Send in the Clowns (1:04)
    43. The Monorail Song (1:49)
    44. In Search Of An Out of Body Vibe (:22)
    45. Cool (:40)
    46. Bagged Me A Homer (2:16)
    47. It Was A Very Good Beer (:37)
        Bart Sells His Soul (Medley) (2:04)
         48) From God's Brain to Your Mouth (:19)
         49) In-A-Gadda-Da-Vida (1:45)
    50. Happy Birthday, Lisa (1:18)
    51. End Credits Suite #2:
         a) The Simpsons Halloween Special End Credits Theme
		 ("The Addams Family" Version) (:47)
         ab) Who Shot Mr. Burns? (Part One) (Medley) (:53)
         b) Who Dunnit? (:06)
         c) The Simpsons End Credits Theme ("JFK" Version) (:47)
         da) Lisa's Wedding (Medley) (:51)
         d) The Simpsons End Credits Theme ("Renaissance" Version) (:46)
            and Gracie Films Logo (:05)
         e) The Simpsons End Credits Theme ("Dragnet" Version) (1:05)

Aqui estão os episódios de onde as canções foram retiradas (na ordem do CD): 9F22, 2F09, 7F05, 1F10, 2F32, 8F18, 1F08, 7F09, 3F16, 2F20, 8F19, 8F24, 2F13, 2F21, 1F09, 2F03, 1F06, 2F18, 8F08, 9F21, 9F03, 3F15, 9F19, 9F10, 1F21, 9F14, 3F02, 7F24, 1F04, 2F16 e 2F15.

O segundo álbum, “The Yellow Album,” após um longo período de atraso, foi finalmente lançado em 24 de Novembro de 1998, seis anos após ter sido gravado, no final de 1992. Informações sobre este álbum estão disponíveis na The Simpsons Archive.

O álbum “Songs in the Key of Springfield” é muito bom. Há uma continuação ?
A Rhino Records, que lançou uma compilação de 51 temas de canções exibidas na série em 18 de março de 1997, solicitou ao compositor e produtor Alf Clausen uma continuação. Esta continuação chama-se “Go Simpsonic with The Simpsons: A Whole Lot More Music From the Television Series”, e seria lançada em 1º de setembro de 1998.

Até o início de 1999 falou-se que o álbum seria cancelado, mas já está confirmada uma nova data oficial de lançamento, 19 de Outubro de 1999.

Meu canal aberto de TV corta os episódios?
Provavelmente não, embora os episódios sindicados sejam geralmente editados. Os episódios exibidos na Inglaterra e Austrália são costumeiramente censurados para proteger as mentes infantis nos horários em que a série é exibida nesses países. Na Alemanha, a série é exibida geralmente sem seus créditos finais. A edição da sequência de abertura nos EUA é feita pela rede Fox. Os espectadores do Canadá que não recebem os episódios pela Fox, geralmente têm o prazer de assistir um episódio inteiro por semana.

Na Bélgica, o canal VT4 exibe episódios de Os Simpsons sem cortes de forma irregular, mas geralmente diária. Somente os episódios 8F15 e 2F09 foram editados. Agradecimentos a Werner Peeter por esta informação (correções são bem-vindas).

Na Argentina, o Canal Fox exibe os episódios sem cortes. Enquanto isso, o canal local Telefe exibe dois episódios por vez, dos quais o primeiro não tem os créditos finais e o segundo não tem os créditos iniciais nem finais.

Por que algumas cenas mostradas nos comerciais não são exibidas durante os episódios ?
Cada episódio é produzido com animação extra ou alternativa, para permitir aos diretores decidir o que vai ou não ao ar poucos dias antes da exibição do episódio. A Fox tem acesso à animação antes que os cortes finais sejam feitos, assim, não é raro que esse material extra apareça nos comerciais de TV.

Além disso, o Canal Fox costuma mesclar cenas de episódios anteriores com outras de episódios inéditos, supostamente para tornar o comercial mais chamativo. O melhor exemplo disso é o comercial de “The Itchy & Scratchy & Poochie Show”, no qual o personagem de Homer, Poochie, está na TV e Lisa diz “The network has sunk to a new low” (A televisão baixou o nível pra valer), que é animação proveniente de 9F22, “Cape Feare”.

Que história é essa de uma versão real da casa dos Simpsons?
Kaufman e Broad desenharam uma casa em tamanho natural, com quatro dormitórios em Henderson, NV, perto de Las Vegas, que é exatamente igual à casa dos Simpsons. A Pepsi-Cola Company organizou um concurso para dar esta casa a alguém. Com algumas bebidas em particular vinha um cupom com um número, que, se fosse o mesmo número exibido durante o primeiro episódio da Temporada Nove de Os Simpsons, seria premiado. O número vencedor foi 9786065.

A vencedora, a bisavó de 63 anos Barbara Howard de Richmond, Kentucky, recebeu as chaves da casa de 120.000 dólares em 10 de dezembro de 1997.

E quem ganhou o concurso de “Quem Matou o Sr. Burns ?” em 1995?
Fayla Gibson. E, ao contrário do que a promoção dizia, (que fazia acreditar que o vencedor apareceria animado em um desenho dos Simpsons) ela recebeu um desenho ao lado dos Simpsons.

Trajetória de Os Simpsons no Brasil
A série animada Os Simpsons estreou num canal aberto de TV no Brasil em 1991, na Rede Globo, aos sábados à tarde, antes da novela das seis. Posteriormente, o programa começou a ser exibido nas manhãs de domingo, horário em que permaneceu até 1994. Durante as férias daquele ano, foi exibido diariamente na TV Colosso e depois somente aos sábados. Depois disso a série saiu do ar, deixando órfãos todos os fãs da série. Anos depois, em 1997, o SBT adquiriu os direitos de exibir a série, e a exibia diariamente à noite, em horários variáveis, como tapa-buraco na programação, talvez por ser considerado apenas um “deseínho”.

O grande mérito do SBT foi ter exibido com exclusividade 12 episódios que simplesmente foram “pulados” anteriormente (nem a FOX tinha exibido essa falha). Provavelmente a emissora nem se deu conta da satisfação que os fãs tiveram. Atualmente, a série é exibida no SBT religiosamente, às terças-feiras, no horário de 23 horas, após o Programa do Ratinho. São dois episódios por semana.

As vinhetas do Tracey Ullman Show nunca foram exibidas no Brasil.

Exibição
Os Simpsons sempre foi exibido dublado no Brasil. Na FOX (por assinatura), o espectador que possui uma TV com recurso SAP pode assistir a série na sua versão original em inglês.

A série teve duas equipes básicas de dubladores. A primeira dublou todos os episódios até a Temporada Sete e a segunda equipe é a que dubla até hoje. A primeira equipe era composta por Waldyr Santana (Homer, Abe), Selma Lopes (Marge), Nair Amorim (Lisa), Peterson (Bart), Miguel Rosenberg (Sr. Burns), André Filho (Diretor Skinner) e Carlos André (Barney), entre outros.

Os títulos em português são mencionados no início de cada episódio, ao contrário da TV americana.

A Rede Globo cortou cenas de alguns episódios e exibia sempre a mesma abertura, além de cortar os créditos finais. O SBT exibe dois episódios por vez, cortando os créditos finais do primeiro episódio e os iniciais e finais do segundo. Pelo menos as aberturas apresentadas são as originais.

A FOX é o melhor canal para assistir a série, pois além de passar um inédito por semana (uma temporada estréia no Brasil geralmente seis meses após estrear nos EUA), exibe reprises diariamente e com o recurso SAP. Com isso, você pode assistir a série e ouvir os dubladores originais, que, cá entre nós, são muito melhores do que os dubladores brasileiros atuais. Outra coisa: nada é cortado. Tanto os créditos iniciais quanto os finais são exibidos na íntegra. Para quem é fã dos Simpsons, vale a pena investir numa assinatura de TV a cabo ou satélite.

Deixe uma resposta