Processo de compositor contra produtores de Os Simpsons ganha nova polêmica

0
146
"Chorar não vai trazer seu cão de volta, a não ser que suas lágrimas tenham cheiro de ração"

Há pouco mais de um ano, o compositor Alf Clausen, de 79 anos, entrou com uma ação contra a 20th Century Fox e os produtores de Os Simpsons, alegando que sua demissão da série aconteceu devido à discriminação por idade.

A Fox respondeu que a demissão de Clausen, que estava trabalhando no desenho por mais de 27 anos, foi porque ele estava transferindo partes de sua carga de trabalho para outras pessoas, incluindo seu filho Scott Clausen.

Um juiz deu a Clausen a oportunidade de prosseguir em sua ação, mas não pelo motivo que ele inicialmente apresentou no ano passado.

De acordo com o The Hollywood Reporter, o juiz da Corte Superior de Los Angeles, Michael Stern, decidiu que apenas algumas das reivindicações de Clausen se enquadram no anti-SLAPP.

O juiz decidiu que Clausen poderia ganhar o caso com base na discriminação por deficiência (devido ao seu diagnóstico de doença de Parkinson), mas não discriminação por idade.

Talvez a maior coisa a favor de Clausen é que seu diagnóstico de Parkinson veio em 2013, mas ele não o tornou público até 2016, com sua demissão chegando um ano depois.

O compositor afirma que na época nenhuma tentativa foi feita pelos produtores para acomodá-lo depois que ele revelou seu diagnóstico.

Conforme relatado pelo THR, de acordo com seu filho Scott Clausen, um executivo da Fox fez o comentário depreciativo: “O que está acontecendo com seu pai? Agora não é hora de irritar os produtores.”

No momento dessa notícia, não está claro se o processo realmente prosseguirá ou se ocorrerá um acordo entre Clausen e a Fox. 

Fonte: O Vicio